<img alt="" src="https://secure.perk0mean.com/185550.png" style="display:none;">

5 passos para começar uma estratégia de Inbound Marketing

14/jun/2022
Tempo de leitura:
Imagem Destaque

Estabilidade e crescimento: estes dois conceitos guiam uma empresa de alto nível, mas para atingir ambos, é necessário traçar caminhos premeditados, tomando ações que comprovadamente geram bons resultados.

E o Inbound Marketing se prova, ano após ano, uma estratégia promissora. Mais do que um simples método, o Inbound traz potenciais clientes, aumenta e consolida a presença online de uma empresa, fornece um overview das ações de marketing e, ainda, ajuda a melhorar a experiência dos clientes com uma companhia. 

Veja o passo a passo para planejar e executar o Inbound Marketing no seu negócio!

 

O que é Inbound Marketing?

Surgido em meados de 2010, o Inbound é conhecido como o oposto do Outbound Marketing, uma estratégia tradicional. Isto acontece porque, no Outbound, prioriza-se a oferta direta — a empresa procura os clientes. Já no Inbound, a empresa é encontrada pelo cliente por meio de conteúdo relevante e bem distribuído

O Inbound nasceu junto às mudanças do mercado e dos consumidores. Hoje em dia, o consumidor segue uma “jornada”, consistindo em: 

  1. Perceber um problema ou desejo; 
  2. Pesquisar e entendê-lo melhor;
  3. Interessar-se por uma solução (produto ou serviço de uma empresa); e 
  4. Escolhê-la para sanar seu problema/desejo.

Acompanhando esse caminho, o Inbound também é construído com bases em etapas, que são organizadas para suprir justamente o que o cliente busca em cada fase da jornada.

marketing_methodology_portuguese

Dadas as profundas transformações tanto nos públicos quanto nos setores comerciais, renovar-se (e inovar-se) é mais do que preciso — e o Inbound serve de remédio para esta dor. Como mostra a imagem, a técnica é colocada em prática por meio de ações integradas que envolvem a atuação e produção de conteúdo para diversos canais, como site, blog, mídias sociais, e-mails marketing, landing pages, etc. 

Por ser um método amplamente adotado por empresas inovadoras, diversas pesquisas já constataram sua eficiência. Veja:

  • 75% das empresas alegam “extrema efetividade” das estratégias de SEO para atingir seus objetivos de marketing (State of Marketing – Hubspot);
  • 83% das companhias atestam que seus sites auxiliam a bater metas de marketing (State of Marketing – Hubspot);
  • O Inbound tem um custo de 62% a menos que o Outbound (Demand Metric).

 

Não é apenas pela proposta moderna que o Inbound se prova eficiente. Por meio de métricas, dados e pesquisas, se bem executada, essa estratégia traz ótimos resultados, incluindo diminuição nos gastos.

 

5 passos para começar uma estratégia de Inbound Marketing

Agora que já vimos o que é, para que serve e o quão eficaz é o Inbound Marketing, aprenda, nos próximos tópicos, a traçar um plano baseado nesse método e coloque em prática.

 

1. Comece pelo começo

 

Pode soar óbvio, mas verdade seja dita: muitas empresas deixam de fazer o básico, pulando os primeiros passos — tão cruciais para o planejamento de ações de crescimento. Por isso, defina em detalhes quem são seus compradores ideais, estabeleça metas realistas para cumprir num período de tempo, e conheça bem a indústria e o setor onde atua.

 

2. Pesquise por palavras-chave e SEO

 

Quando já se sabe para quem falar, é importante saber sobre o que falar.

Para conduzir corretamente o Inbound, faça pesquisas de palavras-chave relacionadas à sua empresa, escolha as que melhor se encaixam com a persona e com os objetivos da estratégia, e direcione esforços para criar conteúdos dentro do que foi definido. Após o processo, otimize seu site com técnicas de SEO, assegurando que seu conteúdo será visto.

 

3. Deixe tudo preparado para receber seus leads 

 

Com o intuito de criar uma base de potenciais clientes altamente interessados pelo seu produto ou serviço, chega a hora de atraí-los.

Para tanto, crie materiais informativos, como infográficos e e-books, e conteúdos humanizados, como webinars e publicações nas redes sociais.

Para gerar mais urgência nos leads, sempre coloque CTA ao final dos conteúdos. Utilize canais de comunicação — site, blog, e-mail marketing, redes sociais — para divulgar o que foi produzido, e considere também dar uma turbinada no alcance investindo em tráfego pago.

 

4. Nutra e aqueça corretamente os potenciais clientes

 

A espinha dorsal do Inbound Marketing é o conteúdo. Não apenas conteúdo genérico e sem direcionamento: o consumidor procura a solução para um problema, a resposta para uma pergunta. Tendo isto em mente, conheça a fundo por que o lead consome seu conteúdo e, a partir deste porquê, concentre os materiais nessas dores e desejos.

A depender do público, a mina de ouro pode estar no e-mail marketing. Não, ele não está morto — pelo contrário!

Entenda onde estão concentrados seus clientes ideais e construa uma presença digital massiva lá.

 

5. Analise, reajuste, aperfeiçoe

 

Toda ação estratégica demanda análise após ser colocada em prática. Com o Inbound Marketing, essa lógica também se aplica.

Determine um KPI (Indicador-chave de Performance) para cada ação e os revise de tempos em tempos.

Uma boa análise de resultados inclui:

  • Revisão, coleta e interpretação dos dados obtidos;
  • Reajuste do que for possível;
  • Descarte do que entregou resultados insatisfatórios.

 

Todos os esforços de marketing e vendas de uma companhia devem ser premeditados e bem executados, a fim de chegar aos objetivos. Esqueça as especulações! O Inbound Marketing é o presente e o futuro de empresas visionárias, que planejam crescer por meios comprovados. Trata-se de um terreno seguro e fértil.

Quando se conta com uma estratégia sólida, conquistar mais clientes e fidelizá-los ou migrar sua empresa para o digital fica mais fácil. Continue acompanhando nosso blog e saiba mais sobre Inbound Marketing!



Resultado da busca